sábado, 9 de abril de 2016

UNE VAI À JUSTIÇA PEDIR AFASTAMENTO DE CUNHA

Presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, protocolou esta semana uma ação popular com pedido de liminar na Justiça Federal para que o presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMBD-RJ), seja afastado imediatamente de suas funções e a revogação de suas ações na presidência da Casa relativas ao recebimento do pedido de impeachment da presidente Dilma

A presidente da União Nacional dos Estudantes (UNE), Carina Vitral, protocolou esta semana uma ação popular com pedido de liminar na Justiça Federal pelo afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha (PMBD-RJ).

A ação pede afastamento imediato de Cunha de suas funções e a revogação de suas ações na presidência da Casa relativas ao recebimento do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O deputado é réu no Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção e lavagem de dinheiro, alvo de um processo de cassação no Conselho de Ética da Câmara e acusado de recebeu propina por contas não declaradas no exterior. O pedido apresentado pela UNE aponta "manobras obscuras" articuladas por Cunha na Câmara para evitar o processo que contra ele.

"Eu como cidadã, estudante a frente da UNE, não posso me furtar do compromisso de defender a democracia, e os princípios republicanos deste país. Foram comprovadas contas de Cunha na Suíça com dinheiro sujo e já não há mais como negar suas ligações corruptas", destacou a dirigente da UNE.

Ela destaca que o recebimento da denúncia de impeachment teve como único propósito: a retaliação ao Partido dos Trabalhadores, que havia decidido votar contra Cunha no Conselho de Ética. "Um ato mesquinho, revanchista, para a proteção de interesses estritamente pessoais", diz trecho do documento.

http://www.brasil247.com/pt/247/brasil/224904/UNE-vai-%C3%A0-Justi%C3%A7a-pedir-afastamento-de-Cunha.htm

3 comentários:

robson silva disse...

entra na fila,pois se depender da biscatinha Janota,cunha nunca vai ser preso!!!

Nilva Lima disse...

Como podemos ajudar?

Nilva Lima disse...

Como podemos ajudar?